Os melhores links cristãos do mês (Abril/2012)

Todo mês, nós do PreciosoCristo selecionamos e indicamos alguns dos melhores textos e vídeos (ou qualquer outro conteúdo) publicados em sites cristãos. Acessem estes links, visitem estes sites e sejam edificados!

Atenção: O fato de incluirmos o texto de um site neste espaço não significa que endossamos todo o conteúdo do site no qual ele foi publicado.

Links cristãos do mês

Michael J. Kruger, A humildade cristã e a definição mundana de humildade
No iPródigo, em 02 de abril de 2012.

“Para os cristãos, humildade e incerteza não são sinônimos. Uma pessoa pode estar certa e ser humilde ao mesmo tempo. Como? Por esta simples razão: os cristãos acreditam compreender a verdade apenas porque Deus revelou a eles (1 Coríntios 1.26-30). Em outras palavras, os cristãos são humildes porque sua compreensão da verdade não se baseia em sua própria inteligência, em sua própria investigação, em sua própria perspicácia. Pelo contrário, é 100% dependente da graça de Deus. Conhecimento cristão é um conhecimento dependente. E isso leva à humildade (1 Coríntios 1.31).”

C.H. Spurgeon, Caminho da redenção
No Projeto Spurgeon, em 04 de abril de 2012.

Em razão da Páscoa, o Projeto Spurgeon publicou o livro Caminho da redenção com diversos sermões de Charles Spurgeon relacionados à morte e à ressurreição do Senhor Jesus. Para aqueles que desejam mergulhar no oceano das insondáveis riquezas de Cristo, é uma leitura indispensável!

Kevin DeYoung, Não “Um dos”, e sim “O”
Na Editora Fiel (Artigos).

No que diz respeito a identificar Jesus, verdades parciais que ignoram a verdade maior acabam contando uma mentira. É verdade que Jesus é um profeta (Mc 6.4; Dt 18.18). Mas ele não é como João Batista. Jesus não é outro Elias. Ele não é meramente um dos profetas. Jesus é aquele para quem todos os outros profetas apontavam. Por isso, chamar Jesus de profeta e nada mais do que um profeta equivale a não compreender, no nível mais profundo, quem é este homem.

Augustus Nicodemus Lopes, Verdades e mitos sobre a Páscoa
No O Tempora, O Mores!, em 04 de abril de 2012.

“Nesta época do ano celebra-se a Páscoa em toda a cristandade, ocasião que só perde em popularidade para o Natal. Apesar disto, há muitas concepções errôneas e equivocadas sobre a data. […] A Páscoa, não é dia santo para nós. Para os cristãos há apenas um dia que poderia ser chamado de santo – o domingo, pois foi num domingo que Jesus ressuscitou de entre os mortos. O foco dos eventos acontecidos com Jesus durante a semana da Páscoa em Jerusalém é sua ressurreição no domingo de manhã. Se ele não tivesse ressuscitado sua morte teria sido em vão. Seu resgate de entre os mortos comprova que Ele era o Filho de Deus e que sua morte tem poder para perdoar os pecados dos que nele creem.”

Clóvis Gonçalves, Pecadores irrepreensíveis
No Cinco Solas, em 09 de abril de 2012.

“No dia da volta do Senhor, devemos comparecer irrepreensíveis diante Dele. Isto significa que devemos estar “livres de qualquer acusação” (Cl 1:22), que não pode haver “nada contra”(1Tm 3:10) nós. Sermos irrepreensível significa que nenhuma acusação pode ser legitimamente levantada contra nós. É assim que devemos estar na volta do Senhor, pois Ele virá para uma noiva”gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito” (Ef 5:27). Mas quem de nós poderá pensar de si mesmo que é capaz de comparecer diante de Jesus em Sua glória dessa maneira? Quem pode olhar para as próprias mãos e vê-las limpas, examinar o seu coração e o encontrar puro, considerar as próprias palavras e achar seus lábios sem engano?”

Tad Thompson, A preocupante situação de nossos filhos
No Cinco Solas, em 10 de abril de 2012.

“Já fiz parte da liderança da igreja como pastor estagiário, como pastor auxiliar responsável pelo treinamento de adultos, e agora como pastor sênior. Em cada estágio de meus dezessete anos de ministério, pude notar que o distanciamento entre pais e filhos no que diz respeito ao discipulado cresce a olhos vistos. O mais agravante é constatar que pais e mães não têm assumido a responsabilidade de discipular seus filhos, e as igrejas têm feito muito pouco — quando fazem — para mudar essa realidade.”

Robert Norris, Orando pelos líderes na igreja 
No AME Cristo, em 11 de abril de 2012.

Se orar pelos líderes da igreja já não parecem estar na moda, talvez uma razão subjacente seja a igreja frequentemente adota os padrões e ideias do mundo. Em nossa busca pelo sucesso onde a marca óbvia desse sucesso é o tamanho, influência, poder e dinheiro, líderes eclesiásticos estão sob constante pressão para produzir evidência de crescimento, e técnicas e programas são meios óbvios pela qual isso é alcançado. Nesse quadro não há lugar dado para a oração, a qual fala de um quadro sobrenatural de pensamento que é completamente estranho ao mundo moderno.”

Mark Dever, O que é uma igreja saudável?
No Voltemos ao Evangelho, em 20 de abril de 2012.

“Nesta palestra, ministrada na abertura do 1º módulo do Curso Fiel de Liderança 2012, o pastor Mark Dever introduz o tema “O que é uma igreja saudável?” e aborda a questão a partir de quatro perspectivas. Primeiro, ele considera como a questão das “marcas” da igreja foi tratada ao longo da história, sobretudo a partir da Reforma Protestante. Segundo, Dever considera a própria significância da pergunta. Terceiro, ele apresenta algumas respostas comuns à indagação “O que é uma igreja saudável?”. Por fim, o pastor nos fala sobre as marcas de uma igreja saudável do ponto de vista bíblico. Num tempo como o nosso, em que parece ser tão difícil distinguir uma igreja saudável das falsas igrejas, esta é, sem dúvida, uma mensagem fundamental.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s